Evento Corporativo

A Toca da Raposa disponibiliza seu espaço, produtos e serviços para a realização de ações corporativas, festas de confraternização, gincanas motivacionais, treinamentos, atividades de integração, esportes de aventura, marketing promocional entre outros. leia mais





Blog da Raposa

Viva a Cultura Popular!

Folclore Cultural

O Dia do Folclore é comemorado no dia 22 de agosto, tanto no Brasil como no resto do mundo. A explicação está na origem da palavra folklore (em inglês), que surgiu na mesma data, no ano de 1846. Quem inventou o termo foi o arqueólogo William John Thoms, que fez junção de folk (povo, popular) com lore (cultura, saber), para definir os fenômenos típicos das culturas populares tradicionais de cada região.

O folclore é o conjunto de tradições e costumes populares transmitidos de geração em geração. Cada povo possui características diferentes e sua cultura popular representa a identidade social de cada comunidade.

O folclore brasileiro, por exemplo, é muito rico e diversificado. Ele inclui lendas, contos populares, receitas e até mesmo festas especiais para comemorar suas crenças. Além disso, danças como samba de roda, maracatu, frevo, canções populares, brincadeiras infantis e eventos como o Carnaval fazem parte do folclore brasileiro.

A literatura também é um dos fatores que enriquecem o folclore no Brasil. Entre as diversas histórias contadas na linguagem popular, estão a do Saci-Pererê, do Curupira, do Boto, da Cuca, da Mula sem Cabeça, do Negrinho do Pastoreio, do Lobisomem e de muitas outras.

Alguns escritores extraem do folclore todas as bases de sua obra e, aqui no Brasil, um exemplo típico era o paraibano Ariano Suassuna. Nomes como Mário de Andrade, Renato Almeida e Luís da Câmara Cascudo estão entre os folcloristas que mais se destacaram, sendo que este último foi o responsável pela confecção do Dicionário do Folclore Brasileiro.

No Brasil, a data foi oficializada no dia 17 de agosto de 1965, por meio de um decreto assinado pelo então presidente, Humberto de Alencar Castelo Branco, e por seu ministro da Educação, Flávio Suplicy de Lacerda.

 

 

leia mais

Levantamento do IBGE revela riqueza cultural entre índios no Brasil: são 305 etnias e 274 línguas

india-2

A pesquisa também mostra que o número de indígenas que moram em áreas urbanas brasileiras está diminuindo, mas crescendo em aldeias e no campo

O mais detalhado estudo já feito pelo IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, sobre povos indígenas brasileiros (baseado no Censo de 2010), foi lançado no início de julho deste ano.

De acordo com o instituto, há cerca de 900 mil índios no Brasil, que se dividem entre 305 etnias e falam ao menos 274 línguas. Os dados fazem do Brasil um dos países com maior diversidade sociocultural do planeta. Em comparação com todo o continente europeu, há cerca de 140 línguas autóctones, segundo um estudo publicado em 2011 pelo Instituto de História Europeia.

O estudo diz que, entre 2000 e 2010, os percentuais de indígenas brasileiros que vivem nas regiões Sul e Sudeste caíram, enquanto cresceram nas outras regiões. A região Norte abriga a maior parcela de índios brasileiros (37,4%), seguida pelo Nordeste (25,5%), Centro-Oeste (16%), Sudeste (12%) e Sul (9,2%).

Entre 2000 e 2010, também caiu o percentual de indígenas que moram em áreas urbanas, movimento contrário ao do restante da população nacional.

No ‘Caderno Temático: Populações Indígenas’, o IBGE faz um mapeamento sobre a localização desses povos e sua movimentação ao longo das últimas décadas.

A pesquisa mostra também como morar em uma terra indígena influencia os indicadores socioculturais dos povos. Entre os índios que residem nessas áreas, 57,3% falam ao menos uma língua nativa, índice que cai para 9,7% entre indígenas que moram em cidades.

A taxa de fecundidade entre mulheres que moram em terras indígenas também é significativamente maior entre as que vivem em cidades. Em terras indígenas, há 74 crianças de 0 a 4 anos para cada 100 mulheres, enquanto nas cidades são apenas 20.

 

 

leia mais

FOLCLORE NA TOCA

final folclore

“Cultura popular contada de boca em boca, reinventada pelo povo através dos tempos”.

Que tal entrar nesta ciranda e saber um pouco mais sobre essa criação anônima e coletiva que tem o tamanho do infinito? Entrar no mundo mágico do Sítio e conhecer seus habitantes como a boneca de pano mais tagarela do mundo que, depois que tomou a “Pílula Falante”, abriu sua “torneirinha de asneiras” e nunca mais fechou…

No Livro Gigante do Sítio, as histórias do escritor José Bento Monteiro Lobato ganham vida através dos personagens encantados que o habitam.

 “Ainda acabo fazendo livros onde as nossas crianças possam morar”.
Monteiro Lobato

No teatro dos Bonecões Gigantes, a vaqueira Gerusa convidará a todos para ver e ouvir a história do Pai Francisco, da Catirina, do Coronel Tião, e do Boi Dançarino.

 “O melhor produto do Brasil ainda é o brasileiro”.
Luís da Câmara Cascudo

* Apresentacao Folclore 2016 *

Roteiro do Dia

Manhã

  • Lanche de chegada;
  • Chegada à Terra do Sítio;
  • História no Livro Gigante;
  • Cozinha do Sítio – Quitutes da Tia Nastácia;
  • “Causos do Tio Barnabé’’- como pegar um Saci;
  • Crendices;
  • Oficina do Lobato;
  • Brinquedos do Sítio;
  • Parque do Saci;
  • Brincadeiras do Sítio;
  • Visita a caverna da Cuca e o seu Sacizal;
  • Almoço;

 

Tarde

  • Dispersão de sementes com Rabicó;
  • Visita ao Mantenedor da Fauna Silvestre;
  • Brincadeiras de antigamente;
  • Oficinas;
  • Literatura de Cordel;
  • Xilogravura;
  • Teatro dos Bonecões Gigantes;
  • Lanche de saída.

 

Horário de funcionamento das 9h00 às 16h30.

Horário das refeições:
Lanche de chegada: das 9h00 às 10h00
Almoço: das 12h00 às 13h30
Lanche de saída: das 15h30 às 16h00

VALORES

 Incluso: Entrada, alimentação e estacionamento.
Crianças de 0 a 2 anos não pagam
Crianças de 3 a 10 anos – R$ 105,00 (cento e cinco reais)
Crianças e adultos acima de 10 anos  – R$ 130,00 (cento e trinta reais)

RESERVAS

Você deverá confirmar sua participação pelo e-mail alex@tocadaraposa.com.br, até o dia 02/08/2016. Após a confirmação, pagar seu voucher até 04/08/2016 e enviar o comprovante para oficializar a reserva.

Obs.: Não haverá devolução de valores já pagos.

Dados Bancários:
Banco HSBC       Agência1049       Conta Corrente 00412-10
Nominal a Toca da Raposa – CNPJ. 02.212.307/0001-81

leia mais

Adote atitudes sustentáveis no seu dia a dia

Sustentabilidade

São diversas as catástrofes que ocorrem em virtude dos maus hábitos do homem em relação à natureza. Adotando atitudes que visam à preservação dos recursos naturais – como, por exemplo, diminuir a poluição, aumentar a prática da reciclagem e eliminar o desperdício –, vamos ajudar a manter o equilíbrio ecológico do nosso planeta.

Ser sustentável ajuda o meio ambiente e as pessoas a viverem melhor e ainda traz muitos benefícios para a sua rotina e para o seu bolso. Ter o bom senso de tirar os eletrodomésticos da tomada quando não estiverem sendo usados, por exemplo, reduzirá consideravelmente as contas da casa.

Adote novos hábitos e ajude a preservar o meio ambiente. Faça sua parte! Confira as dicas a seguir:

Recicle – Você sabia que mais da metade do lixo da sua casa pode ser reciclado? Basta separar os materiais recicláveis e descartá-los em centros de coleta seletiva.

Utilize lâmpadas fluorescentes – Elas são mais econômicas e gastam até 65% menos de energia, além de durar dez vezes mais do que as lâmpadas de filamento.

Feche a tampa da panela – Com isso, haverá maior concentração de calor e economia de gás de cozinha.

Reduza as impressões – Pense duas vezes antes de imprimir ou, então, utilize os dois lados da folha. A fabricação de papel faz com que mais árvores sejam derrubadas, aumentando o aquecimento global e diminuindo a qualidade do ar e da água.

Feche a porta da geladeira – Caso fique aberta, haverá mais consumo de energia para manter a temperatura.

Trabalhe home office – Ao trabalhar remotamente, você gasta menos combustível e diminui o estresse dos deslocamentos.

Utilize transporte coletivo – Caso você não consiga fazer home office, troque o transporte individual pelo coletivo ou a bicicleta.

Diminua o consumo de energia – Tome banhos rápidos, desligue as luzes dos cômodos onde não têm pessoas e opte por aparelhos de baixo consumo de energia.

Evite descartáveis – Assim, a quantidade de lixo acumulado será menor.

Faça revisão frequentemente em seu veículo – Dessa forma, você economiza combustível e despeja menos CO2 na atmosfera.

Lixo – Nunca jogue lixo nas ruas.

Não é difícil adotar essas atitudes ao seu cotidiano, basta ter consciência.

leia mais